Varicela

Chickenpox (Varicella) (Portuguese)

O que � a varicela?

Rapaz na cama com febre
A varicela, uma infec��o muito frequente na inf�ncia, � causada por um v�rus chamado varicela-zoster.

A infec��o � normalmente ligeira em crian�as, embora os beb�s rec�m-nascidos e os adultos possam ficar muito doentes se apanharem a varicela.

Normalmente, o nosso sistema imunit�rio protege-nos das infec��es. A varicela � muito perigosa em pessoas com problemas no sistema imunit�rio, como a leucemia, ou que tomam medicamentos que debilitam o sistema imunit�rio, como os ester�ides e outros medicamentos tomados por pacientes que sofreram transplanta��o de �rg�os.

O que � a zona?

A zona assemelha-se � varicela e � causada pelo mesmo v�rus. Todavia, normalmente, surge apenas numa parte do corpo. A zona aparece quando o v�rus desperta novamente depois de se ter ocultado no organismo durante algum tempo. Somente as pessoas que j� tiveram varicela poder�o vir a ter zona. N�o � poss�vel apanhar a zona de algu�m com varicela.

Sintomas da varicela

Varicela
Varicela
Imagem publicada com o consentimento de CDC/Dr. K.L. Hermann
A varicela come�a habitualmente com a febre. Um ou dois dias mais tarde, a crian�a come�a a ter uma erup��o cut�nea caracterizada por pontos vermelhos e que poder� causar muita comich�o.

Em breve, os pontos vermelhos transformam-se em borbulhas cheias de l�quido. Algumas pessoas t�m apenas algumas borbulhas, enquanto que outras podem mesmo chegar a ter 500 borbulhas. Estas secam e formam crostas no per�odo de quatro ou cinco dias.

A varicela transmite-se atrav�s do contacto ou de pequenas got�culas transmitidas pelo ar

A varicela transmite-se facilmente de indiv�duo para indiv�duo por duas maneiras:

  • Mediante contacto directo com o v�rus, isto �, quando algu�m toca nas borbulhas. 
  • Atrav�s de got�culas da saliva existentes no ar, isto �, quando algu�m com varicela espirra, tosse ou fala.

O v�rus transmite-se mais facilmente em um ou dois dias antes do aparecimento da erup��o cut�nea. Uma crian�a com varicela pode transmitir a infec��o a outras pessoas enquanto as borbulhas n�o tiverem secado. Contacte a escola ou a creche da crian�a para saber quando ela poder� voltar.

Se algum dos seus filhos tiver varicela, provavelmente ir� contagiar outros elementos da fam�lia que ainda n�o estejam imunes. Se algu�m apanhar a infec��o, esta surge normalmente nas duas ou tr�s semanas depois de o primeiro elemento da fam�lia a ter contra�do.

Uma mulher gr�vida que apanhe a varicela pode transmiti-la ao futuro beb�, assim como ao beb� rec�m-nascido ap�s o nascimento. A varicela em mulheres gr�vidas e rec�m-nascidos �, frequentemente, um problema muito grave.

Tratamento da varicela em casa

Se o seu filho apanhar a varicela, n�o lhe d� quaisquer produtos nem medicamentos que contenham o �cido acetilsalic�lico (ASA ou Aspirina). Se o fizer, aumentar� o risco de a crian�a vir a ter o s�ndrome de Reye, uma doen�a grave que poder� lesionar o f�gado e o c�rebro da crian�a.

Para controlar a febre da crian�a, use acetaminofeno. O seu farmac�utico poder� ajudar na escolha de um medicamento contra a febre que contenha acetaminofeno.

A erup��o cut�nea resultante da varicela d� muita comich�o. Dever�o ter-se bons cuidados com a pele e observar se a crian�a n�o a arranha. Se a crian�a se co�ar muito, poder� apanhar infec��es causadas por bact�ria que entram na pele. Para as evitar, poder� fazer o seguinte:

  • Cortar as unhas da crian�a bem curtas. 
  • Vestir a crian�a com roupas leves. 
  • Dar banhos de �gua morna � crian�a para ajudar a acalmar a comich�o. 
  • Se a crian�a se sentir bem, deixe-a brincar e estar activa. Assim, afastar� a ideia da comich�o. 
  • O m�dico poder� recomendar um creme que ajudar� a acalmar a comich�o.

Eis alguns sinais de aviso de que a bact�ria poder� ter infectado a pele da crian�a atrav�s de alguma borbulha:

  • Surgiu uma nova febre na crian�a
  • A pele infectada est� quente ao toque
  • H� pus de alguma borbulha infectada
  • H� incha�o e dor na �rea infectada

Uma infec��o bacteriana da pele dever� ser tratada por um m�dico.

Uma vacina gr�tis pode evitar a varicela

A vacina � um medicamento que permite ao sistema imunit�rio criar prote�nas para protec��o do organismo. Tais prote�nas chamam-se anticorpos e podem proteger um indiv�duo de infec��es durante muito tempo.

Todas as crian�as saud�veis dever�o apanhar a vacina contra a varicela quando t�m um ano de idade. � este o parecer da Sociedade Canadiana de Pediatria e do Comit� Consultivo Nacional para a Vacina��o. No Ont�rio, esta vacina � gr�tis e � segura e eficaz em beb�s, crian�as, adolescentes e adultos.

Se o seu filho ainda n�o tomou a vacina e tocar ou brincar com outra crian�a que tenha varicela, ent�o poder� ficar imunizado se apanhar imediatamente a vacina.

Se o sistema imunit�rio da crian�a estiver debilitado e voc� achar que ela pode ter varicela, contacte o m�dico

Se o seu filho tiver algum dist�rbio no sistema imunit�rio, ou tomar medicamentos que o enfraquecem, contacte imediatamente o m�dico. A crian�a poder� ser tratada com um dos seguintes medicamentos:

  • VZIG (imunoglobulina anti-varicela zoster), medicamento administrado por injec��o e que cont�m uma grande quantidade de anticorpos que ajudam a evitar a varicela
  • anti-viral, medicamento que diminui a gravidade da infec��o 
  • outro tratamento recomendado pelo m�dico

Normalmente, as pessoas n�o apanham a varicela pela segunda vez

Na maioria dos casos, apenas se apanha a varicela uma vez. Chama-se imunidade para toda a vida. Em casos raros, poder� apanhar-se a varicela novamente.

A varicela pode causar problemas a mulheres gr�vidas

A varicela pode ser muito grave em mulheres gr�vidas.

Se estiver a pensar em engravidar e ainda n�o teve varicela, pe�a ao m�dico para tomar a vacina.

Se estiver gr�vida, dever� responder �s seguintes perguntas sobre varicela:

J� teve varicela?

□ Sim □ N�o

J� apanhou a vacina contra a varicela?

□ Sim □ N�o

Vive na mesma habita��o onde est� algu�m infectado com varicela ou zona?

□ Sim □ N�o

Se respondeu �N�o� �s tr�s perguntas, afaste-se de pessoas com varicela. Em algumas ocasi�es ao longo da gravidez, a varicela poder� afectar o futuro beb�. Se ficar exposta � varicela, contacte imediatamente o seu m�dico.

Se respondeu �Sim� a alguma das perguntas, provavelmente j� est� protegida contra a varicela. Muitas mulheres adultas j� est�o protegidas contra a varicela atrav�s dos anticorpos existentes no sangue, mesmo que n�o se lembrem de ter tido varicela quando eram crian�as.

Os cuidados hospitalares s�o diferentes para as crian�as com varicela

Se o seu filho estiver no hospital, poder� obter uma assist�ncia diferente de modo a n�o transmitir a varicela a outras pessoas. Os cuidados especiais denominados �precau��es de isolamento� significam que a crian�a poder� ter um quarto particular ou ficar junto de outras crian�as que tamb�m t�m varicela.

Se a crian�a for levada ao hospital e voc� achar que ela tem varicela, informe a enfermeira

Se o seu filho j� teve varicela ou j� apanhou a vacina contra a varicela, ent�o n�o poder� ter a infec��o. Mas, se a crian�a nunca teve a varicela nem apanhou a vacina e se, nas �ltimas tr�s semanas, teve contacto de perto com algu�m com varicela, ent�o poder� estar infectada.

Contacto de perto significa brincar, tocar ou sentar-se junto de algu�m.

Informe imediatamente o m�dico, a enfermeira ou o pessoal da recep��o de que a crian�a ficou exposta � varicela. Poder� ser necess�rio tomar cuidados especiais para que a infec��o n�o contagie outras pessoas. O v�rus propaga-se mais facilmente antes do aparecimento da erup��o cut�nea. � importante que a varicela n�o se propague nos hospitais, dado que algumas crian�as que l� se encontram poder�o n�o estar aptas a combater a infec��o.

Laurie Streitenberger, RN, BSc, CIC
Karen Breen-Reid, RN, MN
Anne Matlow, MD, FRCPC

12/16/2009
 


Notes: