print article
For optimal print results, please use Internet Explorer, Chrome or Safari.

A papeira

Mumps (Portuguese)

O que é a papeira?

A papeira é uma doença aguda (súbita) causada por um vírus chamado paramixovírus que origina o inchaço das glândulas parótidas. Responsáveis pela produção de saliva, as glândulas parótidas estão situadas à frente e debaixo de cada ouvido, junto à linha do maxilar inferior.

A papeira é contagiosa

A papeira transmite-se através do ar e de indivíduo para indivíduo, através da tosse, espirro ou somente pela fala. Também se pode transmitir por via táctil. A criança poderá apanhar o vírus ao tocar em alguma área infectada com gotículas e, depois, tocar nos próprios olhos, boca ou face.

A papeira é muito contagiosa, começando um a dois dias antes das glândulas começarem a inchar até cinco dias depois. A criança precisa de se manter isolada. Por conseguinte, afaste a criança de outras pessoas, sobretudo de bebés e crianças jovens, até o contágio ter dissipado.

Protecção através da vacina contra a papeira

Devido aos programas de vacinação, a papeira é uma doença rara nas crianças de países desenvolvidos. As crianças são vacinadas contra o sarampo-papeira-rubéola entre os 12 e os 15 meses de idade. Depois disso, apanham uma vacina de reforço aos 18 meses ou entre os quatro e os cinco anos de idade. A maioria dos casos ocorre em indivíduos que não foram vacinados ou que não apanharam a vacina de reforço.

Sinais e sintomas da papeira

Uma em cada cinco crianças com papeira não apresenta sintomas. Uma em cada três crianças também não apresenta inchaço. Eis alguns sintomas aos quais deve estar atento:

  • inchaço de uma ou mais glândulas salivares na boca
  • inchaço de uma ou ambas as glândulas parótidas situadas à frente do ouvido e ângulo do maxilar
  • tosse ou nariz a pingar
  • dor de cabeça, mal-estar e febre baixa
  • infecção pulmonar sem inchaço

O diagnóstico da papeira só poderá ser efectuado por um médico.

Complicações da papeira

A papeira é geralmente ligeira nas crianças. A doença poderá ser mais grave nos adultos, embora as crianças ainda possam sofrer complicações, as quais poderão ser:

  • O inchaço dos testículos (orquite) poderá envolver dor, inchaço, sensibilidade, náuseas, vómitos e febre. A dor pode durar semanas. A orquite é mais frequente após a puberdade.
  • Embora seja raro, algumas crianças e adultos podem contrair uma inflamação dos maxilares, da glândula tiróide, do(s) seio(s), do cérebro ou dos rins.
  • A papeira pode causar lesão do sistema nervoso central, inclusivamente meningite, problemas com a coordenação de movimentos (ataxia cerebelosa) ou surdez num ou ambos os ouvidos. A surdez constitui a complicação mais provável em crianças atingidas pela papeira.

Factores de risco na papeira

As crianças que não foram vacinadas contra o sarampo-papeira-rubéola têm mais probabilidade de contrair a papeira.

O que os médicos podem fazer em relação à papeira

A papeira é diagnosticada através de um exame físico à criança. O médico pode também recomendar uma análise ao sangue ou, com a ajuda de uma cotonete, extrair uma amostra viral do nariz ou da garganta.

Cuidar em casa da criança com papeira

Não há tratamento específico para a papeira. Pode-se apoiar a criança tentando mantê-la confortada.

Controlo e tratamento da febre

Para tratar a febre ou qualquer dor, pode dar à criança acetaminofeno (Tylenol, Tempra ou outras marcas) ou ibuprofeno (Motrin, Advil ou outras marcas). NÃO dê ASA (ácido acetilsalicílico ou Aspirina) à criança.

Líquidos

Para manter a criança hidratada, ofereça-lhe água ou outros líquidos com frequência.

Repouso na cama e isolamento da criança

A criança não pode ir à escola nem ao infantário nos cinco dias após o início do inchaço da glândula. A Repartição de Saúde Pública será informada em relação à papeira da criança e fará o acompanhamento da situação junto dos pais.

Quando deverá obter assistência médica

Contacte o médico habitual da criança se:

  • a febre durar mais de três dias
  • o inchaço durar mais de sete dias; em muitos casos, o outro lado da face inchará também no espaço de alguns dias após o primeiro
  • o inchaço ficar cada vez mais doloroso

Leve a criança ao serviço de urgência mais próximo ou, se necessário, ligue 911 se:

  • a criança aparentar alteração no comportamento ou nas capacidades físicas, ou tiver algum ataque epiléptico
  • não for possível controlar a dor com acetaminofeno or ibuprofeno
  • o inchaço for extremamente doloroso

Prevenção da papeira

A criança deverá ser vacinada com duas doses da vacina contra o sarampo-papeira-rubéola, o que poderá ser feito nas seguintes ocasiões:

  • aos 12 e 18 meses; OU
  • aos 15 meses e dos 4 aos 6 anos

Pontos principais

  • A papeira é uma infecção causada por um vírus, sendo normalmente ligeira nas crianças.
  • Visto que a papeira é muito contagiosa, afaste a criança de outras crianças.
  • O inchaço das glândulas no pescoço e no maxilar inferior são sintomas frequentes.
  • A papeira pode ser evitada através da vacinação.

William Mounstephen, MD, FRCPC, FAAP(PEM) 

Janine A. Flanagan, HBArtsSc, MD, FRCPC

 

3/5/2010




Notes: